Terra Sonâmbula: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Mia Couto

Sexto capítulo – AS IDOSAS PROFANADORAS

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A cada vez que Muidinga lê um caderno de Kindzu a paisagem ao redor do ônibus muda: agora o verde começava a tomar conta, capim e árvores cresciam. Tuahir chama o pequeno para mais uma caminhada, com a intenção de buscar água, mas ele recusa. O velho ordena que ninguém deve ficar sozinho no ônibus, então Muidinga segue em um caminho diferente do seu companheiro.

O jovem observava o mato que crescia, até encontrar uma lavoura. Enquanto admirava o trabalho humano que há tanto tempo não via, Muidinga ouviu algumas mulheres cantando. Elas se aproximaram e uma delas, uma velha, bateu no menino. Ele não entende o que está acontecendo, tenta se comunicar, mas elas parecem falar outra língua. Uma a uma castigam o garoto, e depois lançam seus corpos nus sobre ele, mexendo em suas partes íntimas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Muidinga acordou sendo carregado por Tuahir, que explicou que as mulheres estavam realizando uma cerimônia sagrada para espantar os gafanhotos que invadiam o terreno. Tal evento não podia ser visto por nenhum homem, como o menino havia feito.

De volta ao ônibus, Tuahir pede que Muidinga continue a leitura dos cadernos, mesmo com todo o cansaço após ter sido violentado pelas idosas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Promoção 50%

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página 😉

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual