Terra Sonâmbula: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Mia Couto

Primeiro capítulo – A ESTRADA MORTA

Baixar eBooks

Por uma estrada devastada pela guerra caminhavam um velho, Tuahir, e um menino, Muidinga. O jovem seguia mancando, resultado de uma doença que há pouco quase o matara. O velho tomou conta do pequeno quando todos o haviam deixado para trás. Muidinga tinha esperança de reencontrar seus pais, por mais que Tuahir diga que eles provavelmente não queiram vê-lo, já que uma criança em tempos de guerra é como um fardo pesado.

Encontram um ônibus queimado, atravessado na estrada. Tuahir propõe que eles se abriguem no local e o menino fica com medo que bandidos os ataquem, além de sentir-se mal por diversos corpos carbonizados que ali se encontram. Decidem abrir uma vala e enterrá-los.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um último corpo, que não estava queimado, havia sido atingido por uma bala e tinha a camisa cheia de sangue. Carregava com ele uma mala na qual havia alguns alimentos, roupas e cadernos. O velho interessava-se apenas na comida, mas Muidinga ficou curioso pelo que havia escrito nos papéis.

À noite Muidinga começa a chorar e Tuahir pede que o garoto pare, pois em breve a guerra acabará e tudo será como antes. Ele sugere que acendam uma fogueira com os cadernos encontrados e o menino usa apenas a capa de um deles para acender o fogo. Depois se empenha em ler os escritos, a princípio lentamente, juntando letra por letra, até pegar o jeito. Tuahir pede que ele leia alto, para ajudá-lo a dormir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página 😉

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual