Senhora: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de José de Alencar

Parte 1 – O preço: Capítulo 3

Durante o almoço Aurélia também comportou-se diferente: experimentou condimentos picantes e tomou um cálice de bebida. D. Firmina notou estes movimentos, confirmando sua suspeita de que algo de novo estava acontecendo: sua maior expectativa era que a jovem tivesse enfim escolhido um marido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Questionada sobre essas mudanças de hábito, Aurélia disse que havia decidido tornar-se freira – logo emendando uma risada sarcástica e indo ao seu aposento, onde escreveu uma mensagem e pediu a um escravo que a enviasse ao Sr. Lemos, seu tio e tutor. Neste momento a jovem sentia-se calma, pois havia acabado de tomar uma decisão importante.

Após dispensar D. Firmina, que era acostumada a acompanhá-la em todos os programas, Aurélia recebeu seu tio Lemos. O velho sabia da sagacidade da jovem desde o momento em que foi escolhido como seu tutor: a garota recusou-se firmemente a morar em sua casa, ameaçando, inclusive, solicitar ao juiz um novo tutor caso ele a forçasse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Enquanto preparavam-se para conversar, surgiu Bernardina, uma pobre velha a quem Aurélia ajudava com esmolas: ela veio avisá-la que “ele” havia chegado no dia anterior – não há mais detalhes sobre quem seria essa pessoa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual