Senhora: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de José de Alencar

Parte 1 – O preço: Capítulo 2

Em sua luxuosa casa, Aurélia estava calada, aparentando serenidade, mas tinha os pensamentos agitados com alguns planos que fazia para sua vida. Sua introspecção foi interrompida por D. Firmina Mascarenhas, que veio lhe comentar sobre o baile da noite anterior: todas suas falas eram calculadas e, se necessário, corrigidas para agradar à Aurélia, que percebia este comportamento e o ironizava.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

D. Firmina insistia em enaltecer a jovem, tanto por seus pretendentes, como por perceber que ela não seria enganada por um homem qualquer que se interessasse em seu dinheiro. Aurélia, entretanto, lastimou sua situação: talvez seria melhor que fosse logo enganada… A jovem ficou silenciosa novamente e D. Firmina, percebendo a situação, deixou-a.

Após algum tempo Aurélia foi tomar sol à janela, tocou piano e cantou um trecho de uma ópera com muita emoção. D. Firmina estava acostumada com os hábitos da garota e percebeu que algo de diferente havia ocorrido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual