Senhora: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de José de Alencar

Parte 1 – O Preço: Capítulo 10

Sr. Lemos levou Fernando Seixas à casa de Aurélia, onde já estavam Torquato Ribeiro e D. Firmina Mascarenhas. O surgimento da moça causou o tradicional deslumbre entre os convidados que surgiam, tamanho o luxo que ela ostentava em suas roupas e joias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Enfim, Fernando Seixas foi apresentado por Lemos à Aurélia. Incrédulo com a situação, Seixas precisou esforçar-se para manter a compostura: viu-se unido novamente à mulher que imaginava ter se distanciado para sempre, e uma breve satisfação invadiu-lhe. Aurélia impulsionou a conversa, perguntando-lhe sobre sua passagem por Recife, até que chegaram mais convidados para ocupá-la. Lemos convidou Seixas para revelar-lhe sua identidade, justificando a necessidade do disfarce até então.

Mais tarde, quando Seixas fumava recostado à janela, Aurélia foi procurá-lo: ele se questionou se estava ali por uma graça ou por uma ironia do destino, concluindo que se a felicidade fosse algo possível, ela estava sorrindo para ele naquele momento. Aurélia, incorporando o papel de dama afortunada, afirmou que a única coisa que diziam que lhe faltava era um noivo: tarefa a qual seu tutor, Sr. Lemos, estava incumbido. Segundo ela, era um desperdício de tempo a escolha de pretendentes: apenas confiaria na sorte e bastaria que o escolhido a agradasse para que o casamento fosse consumado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por fim, Seixas tentou relembrar o passado de ambos, mas Aurélia foi enfática ao dizer aquela relação estava morta e enterrada: um novo relacionamento surgiria a partir daquela noite.

Baixar eBooks

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual