Escolha uma Página

Sagarana: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Guimarães Rosa, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

Traços biográficos de Lalino Salãthiel ou A volta do marido pródigo – VIII

Sabendo das articulações políticas em andamento, Major Anacleto montou em seu cavalo e, acompanhado de tio Laudônio e Oscar, foi à Igreja para realizar benfeitorias. O Vigário comentou que Lalino havia passado ali no dia anterior, acendido algumas velas, e isso demonstrava sua bondade de espírito, sendo que era obrigação dos católicos defender a união dos esposos.

Passando em frente à casa de Ramiro, o Major recebeu dele uma reclamação acerca de Lalino: ele teria gritado “Viva o Brasil!” ao passar por ali e ainda teria mandado um beijo a sua ex-esposa. Além disso, o espanhol teria visto o mulato a andar na companhia de Nico, filho de seu Benigno.

Major Anacleto quis tirar satisfações com Lalino, mas ele soube se justificar: estava se infiltrando nos inimigos para ter ainda mais informações privilegiadas e, além disso, não havia mal em ser patriótico. O mulato ainda emendou diversas artimanhas que teria feito para reverter a situação em favor do Major.

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)