O Cortiço: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Aluísio Azevedo

Capítulo 6

Agora o narrador descreve um dia atípico do cortiço: um domingo. Os moradores descansavam, tocavam instrumentos, liam, jogavam, bebiam… As lavadeiras não lavavam.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesse momento chega a tal Rita Baiana, comentada no capítulo 3, que logo se torna o assunto de interesse geral: justamente por ser festeira, comportando-se de forma diferente de todos, era admirada pela vizinhança. Então cumprimentava um a um, comentava sobre suas diversões em Jacarepaguá, o Carnaval… Prometeu ainda que naquela noite haveria um pagodinho de violão na estalagem, o que animou a todos.

As mulheres preparavam as casas para receber seus homens e Pombinha escrevia cartas para os moradores.

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Baixar eBook

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual