O Cortiço: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Aluísio Azevedo

Capítulo 11

Foi a Bruxa quem tentou incendiar o cortiço, influenciada pela loucura recente que vira em Marciana, mas ninguém descobriu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Joao Romão logo começou a planejar a recuperação dos prejuízos que a invasão policial causou: sua brilhante ideia foi de cobrar algo a mais dos seus inquilinos para cobrir os custos. Antes disso precisou ir à cidade prestar depoimento na secretaria de polícia, aonde foi acompanhado por vários moradores curiosos que responderam junto a ele a todas as perguntas, em um desajustado coro. O fato é que ninguém acusaria qualquer culpado para o início da confusão, afinal, o cortiço tinha suas próprias regras.

Enquanto isso Jerônimo era tratado por Rita e Piedade, numa situação um tanto desconcertante para esta última, que, no entanto, não exteriorizava seu incômodo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Passada uma noite após a da confusão, todos já voltavam à rotina com mais ânimo. Exceto Pombinha, que no domingo havia atendido ao convite de Leónie e a visitara junto de sua mãe, Dona Isabel. O motivo desse desânimo em Pombinha é que durante a visita ela havia sido abusada sexualmente por Leónie enquanto sua mãe dormia devido um vinho que tomara. A situação constrangedora deixou a garota confusa.

Neste dia é narrado o momento poético em que Pombinha resolve isolar-se e caminhar pelos arredores do cortiço, até que, entre pensamentos e sonhos, “torna-se mulher”.

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

Baixar eBooks

Baixar eBooks

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual