Macunaíma: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Mário de Andrade

2 – Maioridade

Jiguê logo arranjou outra mulher, chamada Iriqui. Desde a captura da anta pela armadilha de Macunaíma, a tribo passou fome: não havia caça, o milharal apodreceu.

Baixar eBook

Macunaíma convocou os homens da tribo para colherem timbó, um tipo de planta comestível, que haveria na outra margem do rio. Os índios sofriam muito com a correnteza e os candirus (pequenos peixes que costumam entrar nos orifícios humanos) enquanto Macunaíma se divertia com a cena – não havia timbó algum para colher. Depois, para se justificar, o pequeno índio falou que os timbós eram como gente e tinham saído andando. Seus companheiros admiraram a “inteligência” de Macunaíma.

Contrariado com a fome por que passavam, nosso herói transferiu sua cabana e sua mãe para uma região no outro lado do rio onde havia abundância de bananas e peixes. A velha colhia frutos para levar aos seus outros filhos e Macunaíma não gostou: resolveu levá-la de volta para a tribo, onde passariam fome outra vez. Enfurecida com o menino, a mãe o carregou para muito longe e o abandonou à própria sorte. Macunaíma teve vontade de chorar, mas como estava sozinho não chorou.

Baixar eBook

Após uma semana caminhando sem rumo, encontrou Currupira (figura folclórica) que lhe deu um pedaço de sua perna para saciar sua fome. Macunaíma pediu informações de como voltar à sua tribo e Currupira indicou um caminho falso, para que o herói se perdesse e fosse comido por ele. Mas Macunaíma desviou sua rota e vomitou o pedaço da perna do Currupira, que chamava por seu dono.

Macunaíma encontrou a vó cotia ralando aipim, comeu um pouco e contou-lhe suas artes com o Currupira. A vó jogou o caldo do aipim no menino para igualar seu corpo à sua cabeça: Macunaíma se esquivou e teve apenas o tronco molhado, que cresceu como o de um homem forte, enquanto sua cara continuou “enjoativa de piá”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Voltando à sua tribo, Macunaíma teve um sonho que prenunciava a morte de sua mãe. No dia seguinte se engraçou com a nova mulher de seu irmão e este, vendo que agora a casa estava repleta de mantimentos, achou melhor não arranjar encrenca com Macunaíma.

Depois de mais um dia Macunaíma saiu para caçar uma veada e, depois de matá-la, descobriu que era sua mãe. Após a cerimônia funerária Macunaíma, Iriqui, Jiguê e Maanape (seu outro irmão) partiram juntos pelo mundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual