Inocência: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Visconde de Taunay

9 – O medicamento

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cirino ficou alguns instantes a sós com Inocência em seu quarto, enquanto Pereira foi buscar uma xícara de café. Mais uma vez a beleza da menina, que fingia dormir, o hipnotizou. Por um breve segundo ele abriu levemente sua pálpebra e o seu olhar cruzou-se com o do médico. O anão mudo observava a cena, desconfiado.

Martinho retornou e o doutor indicou o amargo remédio que a moça deveria tomar, além de sugerir uma dieta bem restrita pelos dias seguintes. A febre já havia passado e a cura não tardaria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deitado em sua cama, agora era Cirino o doente: sofria de paixão pela filha de seu anfitrião e não conseguia dormir.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página 😉

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual