Inocência: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Visconde de Taunay

16 – O empalamado

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Martinho continuou acompanhando de perto seu hóspede estrangeiro: pôs-se a dormir no mesmo aposento que ele para garantir que ele não tentasse contato com sua filha durante a noite. Quem sofria de insônia, no entanto, era Cirino a pensar em sua amada.

Logo o doutor recebeu novos pacientes: Coelho era um velho empalamado (anêmico) a quem ele receitou o leite de jaracatiá, uma árvore parenta do mamão, cuja seiva podia queimar os lábios. Tal conhecimento ele havia adquirido com um curandeiro do sertão e o vendia por cem mil-réis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página 😉

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual