Esaú e Jacó: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Machado de Assis, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

Advertência

Conselheiro Aires, diplomata aposentado, faleceu deixando em seu escritório sete manuscritos: os primeiros enumerados de I a VI, contendo relatos pessoais, um “Memorial”; e um outro, bem mais volumoso, intitulado como “Último”, no qual há uma narrativa em que ele aparece apenas como personagem. Esta última narrativa recebe uma publicação à parte, sob o nome “Esaú e Jacó”, termo citado pelo próprio conselheiro em sua história.

Índice Próximo

Baixar eBook
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)