Escolha uma Página

Claro Enigma: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Carlos Drummond de Andrade, por Bruna Bitazi

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

Morte das Casas de Ouro Preto

A chuva e a terra nesse poema são dois fatores que vão trazendo as casas de Ouro Preto, junto com a história que havia nela, para o nada. A chuva vai dissolvendo aos poucos e a terra, algo que sobrou do que era chão, e agora é pó.

A noite novamente aparece como metáfora da negatividade, cenário triste e sombrio. Céu descrito como “concha de neblina”.

Anterior Índice Próximo
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)