Capitães da Areia: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Jorge Amado, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

Publicado em 1935, Capitães da Areia é um romance da segunda fase do modernismo brasileiro no qual Jorge Amado enfatiza o regionalismo e o engajamento político e social como norteadores de sua escrita. Leia a análise detalhada do livro, capítulo por capítulo, clicando nos links abaixo ou baixando o eBook em PDF.

Baixar eBook

CARTAS À REDAÇÃO
Crianças ladronas
Carta do Secretário do Chefe de Polícia
Carta do Doutor Juiz de Menores
Carta de uma mãe, costureira
Carta do Padre José Pedro
Carta do Diretor do Reformatório
Um estabelecimento modelar…

SOB A LUA NUM VELHO TRAPICHE ABANDONADO
O trapiche
Noite dos Capitães da Areia
Ponto das Pitangueiras
As luzes do carrossel
Docas
Aventura de Ogum
Deus sorri como um negrinho
Família
Manhã como um quadro
Alastrim
Destino

NOITE DA GRANDE PAZ, DA GRANDE PAZ DOS TEUS OLHOS
Filha de Bexiguento
Dora, Mãe
Dora, Irmã e Noiva
Reformatório
Orfanato
Noite de Grande Paz
Dora, Esposa
Como uma estrela de loira cabeleira

CANÇÃO DA BAHIA, CANÇÃO DA LIBERDADE
Vocações
Canção de amor da vitalina
Na rabada de um trem
Como um trapezista de circo
Notícias de jornal
Companheiros
Os atabaques ressoam como clarins de guerra
Uma Pátria e uma família

error: Compre nossos ebook, a partir de R$ 5,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)