Caminhos Cruzados: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Erico Verissimo, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

SEGUNDA-FEIRA

Capítulo 44

No palacete dos Pedrosa há muito movimento para organizar a inauguração: pintores e eletricistas dão os toques finais, Vera e Chinita decidem onde ficarão os quadros comprados pelo coronel. Zé Maria se delicia ao ler a nota no jornal que informa sobre sua festa.

No quarto de Chinita, antes do chá, Vera não resiste à atração que sente por sua amiga e lhe dá um profundo beijo em sua boca. Chinita se espanta, mas se deixa levar pelo prazer – imaginando que Vera é Salú.

D. Maria Luísa não participa da arrumação, nem do chá: é sua forma de protestar contra todo aquele desperdício de dinheiro. Manuel acorda pálido, com barba por fazer, e vai ao banho. Chinita, Vera e o coronel reúnem-se para o chá.

Anterior Índice Próximo
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)