Caminhos Cruzados: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Erico Verissimo, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

DOMINGO

Capítulo 34

No Edifício Colombo a porta de um apartamento sustenta a placa com os dizeres: “Mademoiselle Nanette Thibault – Manicure”. Este título servia para tranqüilizar o encarregado e as famílias do edifício: uma mulher vivendo sozinha no prédio, sem um trabalho, não seria bem vista. Foi somente com o título de “manicure” e com o empenho pessoal de Zé Maria Pedrosa que a inquilina, sua amante, foi aceita.

Dentro do apartamento Nanette e Zé Maria estão deitados na cama, fumando – ela um cigarro Camel, ele um ”crioulo” mal cheiroso. A mulher sabe que aquele é um homem rude, mas por amor ao seu conforto e bem-estar, atende às suas necessidades. Zé Maria vibra com a delícia de se ter dinheiro e pensa na inveja que faria ao Madruga, de Jacarecanga.

Anterior Índice Próximo
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)