Caminhos Cruzados: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Erico Verissimo, por Bruno Alves

ATENÇÃO: A experiência artística da leitura literária é única e pessoal: sempre que puder, entre em contato com os textos originais para compreender os livros em sua essência.

DOMINGO

Capítulo 25

O sol que entra pela janela é a única distração de Maximiliano: não consegue ler, nem recebe visitas, que tem medo do contágio. Desde que adoeceu os dias são longos: perdeu o trabalho, deixou de pagar as contas, caiu numa cama…

A mulher do tuberculoso não sabe trabalhar com nada: apesar de pobre, foi criada com luxos. Sobrevive da ajuda de parentes e vizinhos, mantendo o mínimo para que os filhos cresçam saudáveis.

Ao receber da mulher notícias de seus filhos – como se eles vivessem longe – Maximiliano pega uma caneca de leite e se espanta ao ver o quão magra está sua mão. Lembra-se de quando, ainda jovem, tinha força para brigar por mulheres no baile, ou remar no clube de regatas, e agora mal segura uma caneca.

Anterior Índice Próximo
error: Compre nossos ebook, a partir de R$9,90, para ter acesso aos textos com a opção copiar/colar habilitada ;)