Brás, Bexiga e Barra Funda: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Alcântara Machado

Nacionalidade

Tranqüilo Zampinetti era um barbeiro italiano que trabalhava na Rua do Gasômetro. As notícias da guerra na Europa inflamavam seu espírito patriota. Seus filhos não falavam italiano e, por isso, eram um desgosto. À noite se encontrava com amigos conterrâneos para falar sobre a Itália.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Certo dia outro italiano, que se candidatava a juiz, convenceu Tranqüilo a alistar-se como eleitor. Apesar da resistência inicial, Tranqüilo envolveu-se com a política e até fez campanha.

A Europa estava numa nova guerra quando Tranqüilo já era proprietário de diversos prédios e cabo do Partido Republicano Paulista; seu filho Lorenzo tinha parte de uma firma e noivo da filha de um Major italiano; Bruno estava no ginásio e jogava pingue-pongue. O barbeiro ainda se entusiasmava com o combate de sua pátria, mas sua família fazia pouco caso e esse desinteresse o contaminou.

Quando já era proprietário de mais prédios e sócio de uma perfumaria, Tranqüilo fechou a barbearia pois sua mão começava a tremer. Para seu orgulho, Bruno formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo e sua primeira ação profissional foi o requerimento da naturalização de seu pai.

Baixar eBooks

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

FIM

Anterior Índice

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual