Angústia: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Graciliano Ramos

Capítulo 4

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O narrador se lembra da morte de seu pai, Camilo Pereira da Silva, que teve o corpo coberto com um lençol branco, com uma mancha vermelha na altura do rosto e apenas os pés para fora, roxos e inchados.

A lavadeira Rosenda, padre Inácio, o cabo José da Luz e o velho Acrísio tomaram conta da casa, mas nem sequer lembraram de avisar o menino, que foi surpreendido pelo velório ao retornar da escola, aos quatorze anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como se fosse invisível, o garoto esforçava-se para chorar, tentando encontrar boas lembranças de seu pai, mas não conseguia. Sentia pena e raiva de si mesmo, ao perceber que estava só no mundo. Somente quando Rosenda lhe ofereceu uma xícara de café é que lhe vieram lágrimas, não por seu pai, mas pelo gesto de compaixão da mulher.

Após o enterro surgiram os credores, que levaram quase tudo da loja e da casa, sob os lamentos de Quitéria.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desde então o narrador sente a perseguição da alma de seu pai, além de continuar a ouvir vozes e ser tomado por imagens mentais que o tiram da realidade.

Baixar eBooks

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual