Angústia: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Graciliano Ramos

Capítulo 14

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Luís queria levar logo Marina para seu quarto, mas a garota condicionava tudo ao casamento. O narrador propunha que se apressassem, sem muitas cerimônias, mas ela reclama da falta de roupas adequadas.

A construção de Marina dentro de seu noivo era um remendado de “peças e qualidades”: nádegas, peitos, coxas, quentura… Preguiça e ingratidão também apareciam, como defeitos naturais em qualquer ser humano. O fato é que todas essas características, juntas, avivavam as tentações do escritor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de roupas, Marina fazia questão de autorizações e comunicados formais: a bênção de seus pais, telegramas aos padrinhos, nota no jornal… Tudo isso dava náuseas em Luís, que não conseguia enxergar necessidade em explicar aos outros o que era de interesse somente do casal.

A perspectiva de realizar todos os rituais do matrimônio faziam Luís prever que suas economias não durariam muito tempo, ele queria arranjar tudo o mais rápido possível, com simplicidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Anterior Índice Próximo
Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual