A Escrava Isaura: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Bernardo Guimarães

Capítulo 5

Isaura ruminava sua tragédia quando surgiu Belchior, o jardineiro da fazenda: figura grotesca, corcunda, manca e aparvalhada que trazia flores para tentar conquistar a jovem escrava branca, que respondia com delicadeza as lisonjas do pobre coitado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leôncio retorna e expulsa Belchior, tentando abraçar Isaura na sequência. Malvina testemunha esta cena e a lamenta com Henrique, que já havia lhe alertado sobre o caráter de seu marido.

Leôncio fica desconcertado com o flagrante de sua infidelidade, atribuindo a Henrique a culpa por tal infortúnio, e sai para cavalgar. Malvina se recolhe em seus aposentos, não deixando o quarto nem para as refeições. Isaura busca refúgio em meio aos laranjais. Henrique procura espairecer indo à caça no bosque.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

À noite Henrique retorna e encontra Malvina com os olhos inchados, ainda em sua cama. Ela pede ao irmão que a acompanhe na presença do marido, para apoia-la numa possível discussão que deve surgir.

Baixar eBooks

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual