A Escrava Isaura: Resumo Por Capítulo

Paráfrase da obra de Bernardo Guimarães

Capítulo 19

Após o retorno de Recife, Isaura foi encarcerada, solitária, enquanto seu senhor maquinava formas de vingar-se de tantos dissabores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leôncio reatou o relacionamento com Malvina, dizendo-se arrependido e culpando Isaura pela sedução a qual teria sido submetido. Tal procedimento, no entanto, era feito por interesse financeiro: Leôncio se afundara em dívidas na busca da escrava fugida e somente seu sogro poderia salvá-lo da falência.

Para condenar Isaura e selar as pazes com Malvina, Leôncio armou seu último golpe: daria liberdade à escrava branca, condicionada ao casamento dela com Belchior, o deformado e parvo jardineiro da fazenda. Para convencê-la, contou com o apoio de seu pai, a quem também prometeu a liberdade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Baixar eBooks

Anterior Índice Próximo

Baixar eBook (R$9,90)

O que achou do resumo?
Ficou com alguma dúvida?
Qual a sua interpretação do texto?
Deixe seu comentário no final desta página ;)

Adquira os eBooks para
ter acesso total ao conteúdo
e contribua com nosso trabalho ;)

Clique aqui para
visitar nossa Livraria Virtual